Select Page

Como Tratar o Envelhecimento Cutâneo

Como Tratar o Envelhecimento Cutâneo

Por Lilian Sanpei

ENVELHECIMENTO

A pele e o maior órgão do corpo humano, e que mais reflete os efeitos da passagem do tempo e fatores ambientais.

O envelhecimento cutâneo é um processo progressivo e deterioração morfológica e funcional da pele.

Fisiologicamente, o envelhecimento está associado à perda de tecido fibroso, à taxa mais lenta de renovação celular, e à redução da rede vascular e glandular. A função de barreira que mantém a hidratação celular também fica prejudicada.

Com o tempo as células vão perdendo sua capacidade de se replicar. Este fenômeno é causado por danos no DNA decorrentes da radiação UV, deterioração relacionada à idade. Conforme as células vão perdendo a velocidade ao se replicar, começam a aparecer os sinais de envelhecimento.

Envelhecimento

Com o avançar da idade vão ocorrendo alterações orgânicas como menor funcionalidade do DNA e RNA, com diminuição da diferenciação celular, da síntese de proteínas, hemoglobina e andrógeno, diminuição da contração muscular e redução da bioeletricidade celular, fatores que conduzem ao envelhecimento da pele.

FATORES EXTRÍNSECOS E INTRÍNSECOS NO ENVELHECIMENTO

Existem características Morfológicas e histológicas que diferenciam o envelhecimento

Envelhecimento intrínseco ou cronológico

É influenciado por fatores cronológicos, fototipo de pele, funcionamento endócrino, genética, fatores imunitários e vasculares.

Com o avançar da idade vão ocorrendo alterações orgânicas como menor funcionalidade do DNA e RNA, com diminuição da diferenciação celular, da síntese de proteínas, hemoglobina e andrógenos, diminuição da contração muscular e redução da bioeletricidade celular, fatores que conduzem ao envelhecimento da pele.

Na epiderme verifica-se uma diminuição do número de células por camada, com aumento da permeabilidade da mesma. Ao nível da derme, decorrente de um desequilíbrio entre formação/degradação, ocorre degeneração de elementos celulares e extracelulares, como diminuição da diferenciação de fibroblastos, diminuição da produção de fibras de colagênio e elastina bem como de glicoproteínas e proteoglicanos.
As alterações orgânicas referidas levam a diminuição da atividade ganglionar, diminuição das trocas metabólicas por achatamento das papilas dermo-epidérmicas com endurecimento dos capilares e fibras de colagênio. A pele torna-se fina, seca e enrugada.

Epiderme e derme

Envelhecimento extrínseco ou Fotoenvelhecimento

Associado a fatores como exposição solar, tabaco, stress, poluição, condições climáticas, hábitos alimentares e de sono, desordens emocionais e uso incorreto de cosméticos/medicamentos conduzem a um agravamento acentuado do envelhecimento biológico, devido ao efeito tóxico dos radicais livres, que desestabilizam as moléculas do organismo, implicando alteração da atividade celular, com consequências nefastas como mutações e necroses.

As células, as proteínas bem como os componentes extracelulares como o ácido hialurónico da pele são frequentemente alvo da ação dos radicais livres, sofrendo a alterações morfológicas da pele como rugas profundas, manchas senis, queratoses actínicas, ou até mesmo a cancro da pele.

células de langerhas

Com as alterações encontradas na pele fotodanificada, a pele torna-se mais fina, seca e há um aumento de rugas, desordens pigmentares aparecem, a pele perde a firmeza e suas propriedades mecânicas. Há menos colágeno nas fibras elásticas, resultando na diminuição da elasticidade na pele.

Os fibroblastos e os queratinócitos se reproduzem mais lentamente e a função de barreira da pele é diminuída e o sistema de defesa da pele é menos eficiente, pois há uma redução significativa das células Langerhans.

Fibroblasto

Os genes predeterminam a velocidade do envelhecimento de uma espécie porque contêm a informação sobre quanto tempo viverão as células. À medida que vamos envelhecendo, verificam-se alterações bioquímicas, histológicas e fisiológicas que comprometem a integridade da pele, acentuando-se a partir de determinada idade, com a entrada na Menopausa e Andropausa.

A genética e o estilo de vida de cada indivíduo influência as funções fisiológicas normais da pele.

Se for uma rotina de má alimentação, consumo exagerado de açúcar, falta do consumo de água, tabagismo, privação do sono e dentre outros, podem acelerar o envelhecimento de forma rápida .

A radiação ultravioleta (UV),isoladamente, é o maior fator responsável pelo envelhecimento cutâneo.

Como Combater o Envelhecimento Cutâneo?

ANTIOXIDANTES

No combate aos radicais livres

Os antioxidantes são moléculas com cargas positivas que se combinam com os radicais livres,de carga negativa, tornando-os inofensivos. Logo essas substâncias  teriam a capacidade de anular a ação desses radicais, daí o nome antioxidantes.

Alguns Ativos Antioxidantes mais utilizados:

Ácido Hialurônico: substância altamente hidrofílica (afinidade pela água) encontrada na nossa pele. Possui atividade biológica como principal glicosaminoglicana da derme, proporcionando visco-elasticidade a esta camada. Colabora no controle da hidratação da derme e no tônus da pele, além da prevenção da integridade das fibras de colágeno.

Vitamina C: apresenta um potente efeito anti-radicais livres e é um cofator para a hidroxilação da prolina e lisina, reações essenciais à síntese de colagênio. Apresenta efeitos despigmentante por redução das reservas de melanina oxidada e inibição da melanogênese.

Ácido Alfa Lipóico: renova a superfície da pele, aumentando sua elasticidade, tônus e textura. Diminui a aparência de linhas, rugas, poros dilatados e cicatrizes.

Ascorbosilane C: redutor dos radicais livres. Ação maximizada pela presença de ácido ascórbico (Vitamina C), regenerador do tecido cutâneo.

Ferúlico: Poderoso antioxidante, capaz de inibir a formação de melanina, além de neutralizar os radicais livres gerados pelo sol, poluição ambiental, cigarros e estresse.

Vitamina E (tocoferol): é mais  importante anti-oxidante lipossolúvel. A nível cutâneo apresenta efeitos na prevenção do envelhecimento, na regeneração e hidratação. Apresenta ainda efeitos vasodilatador, anticoagulante e anti-inflamatório. Aumenta ainda a atividade da Vitamina A.

Argireline: é um hexapeptídeo modulador da tensão muscular facial com atividade redutora de rugas e linhas de expressão, de forma natural e não invasiva. Argireline age na terminação nervosa, reduzindo a liberação de neurotransmissores na junção neuro-muscular, evitando que o músculo se contraia e assim prevenindo e reduzindo as linhas e rugas de expressão (causadas por movimentos repetitivos), mas especificamente as rugas ao redor dos olhos, lábios, nariz e testa. Não altera a função dos músculos de expressão facial, mantendo a expressão natural da face, além de deixar a pele elástica e hidratada.

Coffeeskin: antioxidante global que atua no foto e crono-envelhecimento. Com efeito antioxidante global, o Coffeskin se consagra no mercado mundial por ser uma associação de extrato de café com o bioflavonóide succinil rutina (derivado estável e hidrossolúvel) e carcinina, que reduz a fragmentação do DNA foto-induzida. É rico em polifenóis, bioflavonóides e potentes antioxidantes globais, que normalizam o equilíbrio celular conferindo “proteção tecnológica avançada” à pele e tratamento intensivo no foto e cronoenvelhecimento.

Alistin: apresenta efeito “anti-aging“.  É um pseudopeptídio biotecnológico com atividade prolongada, considerado um antioxidante universal que protege moléculas hidrofílicas e lipofílicas, protegendo o DNA e as proteínas da pele. Possui ação antiglicação: previne a ligação cruzada (”cross-linking”) das proteínas. Combate à propagação do estresse oxidativo das moléculas hidrofílicas, protegendo as enzimas e as proteínas.

EXSY-ARL: Pseudodipeptídeo com ação antipoluição, antiglicante e efeito detox. Combate o estresse oxidativo inicial, eliminando a formação de radicais livres e aldeídos tóxicos, protegendo a membrana celular e, consequentemente, impedindo as ligações cruzadas nas proteínas (cross-linking). Desta maneira mantém-se a integridade das fibras colágenas melhorando o sistema de defesa da pele e aumentando a capacidade regeneradora das membranas celulares. A sua propriedade quelante de metais de transição evita a toxicidade do ferro.

EXTRATO DE CHÁ VERDE (CAMELLIA SINENSIS)

Rico em polifenóis, que possuem ação antioxidante e antirra-dicais livres. Seus constituintes contribuem ainda para minimizar a degradação de fibras colágenas, pela inibição de metalopro-teinases, e promover proteção ao DNA celular.

Resveratrol

É um polifenol importante encontrado em uvas, nozes, frutas e vinhos. Estudos in vitro e in vivo comprovam que quando aplicado topicamente o resveratrol inibe o estresse oxidativo induzido por UVB. Embora possua até 17 vezes mais atividade antioxidante que a idebenona, as propriedades antienvelhecimento do resveratrol vão muito além dessa ação e incluem redução da expressão da enzima tirosinase (reduzindo a hiperpigmentação), bloqueio de metaloproteinases e colagenases (preservando o conteúdo de colágeno e matriz extracelular) e ativação de sirtuínas (aumentando a longevidade celular). O resveratrol aumenta a atividade da enzima SIRT1, que atua na regulação da transcrição de genes relacionados ao antienvelhecimento, apoptose e resistência ao estresse, e por isso ele é conhecido como um imortalizador celular.

ALGUNS TRATAMENTOS NO COMBATE AO ENVELHECIMENTO E NAS DISFUNÇÕES CUTÂNEAS

Confira algumas opção de tratamentos que ajudam na jovialidade e recuperação da pele:

A luz pulsada no fotorejuvenescimento

O tratamento provoca o espessamento da camada de fibras colágenas, o que deixa a pele mais túrgida, melhora a flacidez e promove a reorganização das fibras já existentes. Além disso, a pele do rosto fica com coloração mais uniforme, eliminando manchas e diminuindo tamanho dos poros. E mais: os vasinhos, manchas e olheiras podem ser removidos ou suavizados pela luz.

Fototerapia é definida como uma modalidade terapêutica que se utiliza de luz, um tratamento através de luz ou por radiação dentro do espectro solar – isso também inclui os raios ultravioletas.

Pode ser aplicado raios de luz na pele para o tratamento de rugas, vasos, rosácea, acne, manchas, tratamentos de calvície, remoção dos pelos, cicatrização, estrias entre outros. A fototerapia utiliza-se de diferentes tipos de equipamentos: desde laser, luz intensa pulsada (LIP) e diodo emissor de luz (LED). A potência dos aparelhos e a eficiência dos mesmos, variam, de acordo com o comprimento das ondas, a penetração das mesmas e o calor produzido.

Peeling: Os peelings químicos com ácido glicólico, ácido retinóico, ácido mandélico e outros, oferecem um tratamento não invasivo para ajudar a renovar a superfície cutânea. Após a aplicação, há renovação da camada superficial da pele trazendo brilho radiante e minimizando a visibilidade das linhas finas e de manchas. Embora peelings químicos sejam utilizados principalmente na face, eles também podem ser usados para melhorar a pele no pescoço, colo, mãos e braços.

Peeling de Diamante

O Peeling de Diamante é um tratamento de renovação celular realizado através da microdermoabrasão da pele onde é usada uma caneta a vácuo com ponteira de diamante que desliza sobre a pele promovendo uma esfoliação superficial.

Indicado especialmente para peles fotoenvelhecidas, poros dilatados, irregularidades cutâneas, manchas leves, cicatrizes de acne, flacidez e auxilia no rejuvenescimento facial.

Recupera a maciez e uniformidade da pele;

Deixa a pele renovada, sem asperezas, auxilia na redução de rugas e linhas de expressão e estimula a produção de colágeno e elastina, prevenindo a flacidez facial.

Radiofrequência

Equipamento não invasivo, simples e rápido. O aparelho trabalha com a elevação da temperatura interna do tecido. Promove o aumento da circulação sanguínea. São emitidas ondas eletromagnéticas através de um aparelho moderno que aquece a derme, promovendo a contração das fibras de colágeno e estimulando sua produção. A radiofrequência gera energia e calor sobre a derme, enquanto que a superfície da pele (epiderme) se mantém resfriada e protegida.

A radiofrequência permite a correção de sinais de envelhecimento. Pode ser utilizado isoladamente ou associado a outros tratamentos e produtos com o objetivo de tratar a flacidez da pele facial, rugas periorbitais e frontais , flacidez da pele do pescoço, elevação das sobrancelhas, etc.

REFERÊNCIAS:

Nelson, David L

Princípios de Bioquímica de Lehninger / David L. Nelson,

Michael M. Cox; [ tradução: Ana Beatriz Gorini da Veiga … et al. ] ; revisão técnica: Carlos Termignoni… [ et al.]. – 6. ed. – Porto Alegre: Artmed, 2014.

Steiner, Denise

Envelhecimento Cutâneo / Denise Steiner , Flavia Addor.-

  1. – Rio de Janeiro: AC farmacêutica, 2014

Alberts,Bruce

Biologia Molecular da célula / Bruce Alberts,Alexander Johnson, Julian Lewis, Martin Raff, Keith Roberts e Peter Walter;trad. Ana Beatriz Gorini da Veiga et al. – 4.ed.-Porto Alegre: Artmed, 2004

Introdução a Genética – Anthony J. F. Griffiths; Jeffrey H. Miller. David T. Suzuki. Richard C. Lewontin; Willian M. Gelbart. 7. ed. Rio de Janeiro: Guanabara Koogan, 2002

 

<<< OLÁ, DEIXE O SEU COMENTÁRIO >>>

Comentários

Advertisement

SOBRE O AUTOR

Lilian Sanpei

Currículo Profissional Brasil e Japão Prof.Lilian Sanpei Atua no Japão Como Diretora Estetic Gakuin Japan Shibu ( Instrutora Técnica ) Na JBHA e Esthetic Association Japan Formada em Estética e Cosmetologia Terapias Complementares Especializada em Cosmetologia Avançada Idealizadora de Técnicas Avançadas Responsável pelo trabalho do Mundo Estética no Japão Parceria inédita Japão Brasil com a Revista Científica Estética com Ciência Colunista na Banzai Japan Colunista na Boa Dica Japan

RECEBA GRATUITAMENTE FICHAS DE ANAMNESE

RECEBA GRATUITAMENTE FICHAS DE ANAMNESE

Receba gratuitamente em seu E-MAIL modelos de FICHAS DE ANAMNESE, AVALIAÇÃO CORPORAL E FACIAL!



Cadastro Realizado Com Sucesso