Select Page

Epiderme e Derme – camadas da pele

Epiderme e Derme – camadas da pele

Por Marcia Moreno

Epiderme e Derme

Epiderme e Derme fazem parte da camada da pele que é o maior órgão do corpo humano, representa uma média de 15 % do peso corporal.

Funções da pele:

  • Absorção: a absorção de água, oxigênio e ingredientes é necessária para a saúde da pele. A pele absorve oxigênio e elimina gás carbônico. A vitamina D é produzida pela pele com a exposição ao sol.
  • Proteção: proteger contra lesões físicas, químicas e biológicas – é uma barreira frente a qualquer agressão externa.
  • Percepção/Sensação: receptor de sensações gerais. O grande número de terminações nervosas torna a pele sensível aos diferentes estímulos, como dor, calor, frio, pressão.
  • Regulação do Calor: a regulação térmica – mantém a temperatura do corpo constante. o termostato do nosso corpo é regulado entre 36° e 37°. Quando a temperatura externa muda, a pele se ajusta para aquecer ou esfriar o corpo.
  • Secreção: o sebo é uma substância oleosa que protege a superfície da pele e lubrifica a pele e os pelos. Os óleos produzidos pelas glândulas sebáceas ajudam a manter a pele macia e protegida contra os elementos externos. O revestimento de sebo sobre a pele desacelera a evaporação de água – chamada de Perda de Água Transpidérmica (PATE) e ajuda a manter o nível de água das células.
  • Excreção: As glândulas sudoríparas excretam suor e desintoxicam o corpo, eliminado e excesso de sal e substâncias indesejáveis pelos poros

É constituída de duas partes: epiderme e derme.

Camadas da Pele

Camadas da Pele

*Curiosidade: A pele tem origem embrionária na ectodérma (epiderme e anexos epidérmicos) e mesoderma (derme) – (exceção da derme de cabeça e pescoço é de origem ectodérmica)

EPIDERME

Epiderme

Camada Epiderme

A epiderme é epitélio estratificado pavimentoso queratinizado.

É a camada mais externa da pele. É uma cobertura fina e protetora com diversas terminações nervosas.

Os queratinócitos (células que contém proteína queratina) estão em maior quantidade na epiderme. Junto com eles estão os melanócitos (células responsáveis pela produção de melanina), células de Largerhans (de defesa) e células de Merkel (células sensoriais, relacionada ao tato).

A epiderme tem 5 camadas (estratos):

  • Camada basal ou germinativa : é a mais “profunda”: é chamada de “camada viva” da epiderme, mais próxima a derme. Constituída de células basais, tem alta atividade mitótica – onde as células estão se dividindo muito. Tem células tronco em grande quantidade – a partir delas todas as outras camadas vão ser formadas e renovadas. quando as células se dividem, elas migram até a superfície e se tornam fortes e protetoras. Aqui encontram-se os melanócitos e as células de Merkel.
  • Camada espinhosa: é uma camada mais espessa – que tem menor quantidade de células tronco. As células continuam se dividindo e mudando de formato. Ganhou este nome porque os apêndices das células de assemelham a espinhas cheias de picos e se tornam desmossomos, que mantém as células unidas. Os desmossomos parecem um “botão de pressão” que gruda uma células com a outra- que dá a coesão celular. Aqui também encontram-se as células imunes, que protegem o corpo contra infecções, identificando o antígeno.
  • Camada granulosa: é composto por células que contém grânulos de proteínas que se chamam querato-hialina – ela vai acumulando estes grânulos de acordo com a diferenciação. A produção de queratina e lipídeos intercelulares acontecem nesta camada. NA medida em que as células se tornam queratinizadas, se movem para superfície e substituem as células soltas no estrato córneo.
  • Camada lúcida: é a camada transparente sob o estrato córneo. Aqui encontram-se células anucleadas, sem núcleo – ou seja, ela já está passando por um processo de morte e está se transformando em queratina.
  • Camada córnea: É a camada superior, mais externa da pele. A esteticista trabalha principalmente com esta camada. Esta camada tem este nome por ter células semelhantes a escamas, que são constituídas de queratina e chamadas de queratinócitos. A queratina é uma proteína fibrilar que fornece elasticidade e proteção a pele. É encontrada em todas camadas da epiderme. Os queratinócitos constituem 95% da epiderme. No estrato córneo, os queratinócitos endurecem e se tornam corneócitos, as células protetoras.

Ao redor das células da epiderme estão os lipídios, que protegem contra a perda de ;água e desidratação.

Entender como funcionam as camadas de células é importante para escolher os tratamentos e ingredientes adequados.

DERME

Derme

Camada da Derme

Camada viva de tecido conjuntivo abaixo da epiderme. É quase 25 vezes mais grossa do que a epiderme e tem duas camadas: papilar e reticular. É responsável por dar suporte e nutrir a epiderme. A derme é constituída dos tecidos conjuntivos compostos por proteína de colágeno e fibras de elastina. Contém vasos linfáticos e sanguíneos, que fornecem a nutrição dentro da pele. Na derme encontram-se os vasos capilares, glândulas sebáceas e sudoríparas, nervos, receptores adicionais e músculos eretores dos pelos.

  • Camada Papilar: Conecta a derma a epiderme, fazendo a junção de ambas. O tecidos é conjuntivo frouxo. Os receptores do toque, vasos sanguíneos e capilares estão localizados aqui. Aqui encontram-se também as papilas dérmicas são membranas conectadas à epiderme, importantes para a vascularização da epiderme. A função da derme papilar é favorecer a transferência de nutrientes.
  • Camada Reticular: É a camada mais profunda da derme. O tecido é conjuntivo denso não modelado. É constituída da base dos folículos pilosos, glândulas, vasos sanguíneos e linfáticos, terminações nervosas, colágeno e elastina. Fornece oxigênio e nutrientes para a pele. Os fibroblastos, responsáveis pela produção de colágeno e elastina, representam 70% da derme.

Colágeno é a substância proteica que dá força a pele. A elastina é também proteína fibrosa, que forma o tecido elástico e fornece elasticidade à pele.

Referências:

GERSON et al, Fundamentos da Estética 3, Ciências da Pele, tradução da 10a edição norte-americana, São Paulo, Cengage Learning, 2011.

JUNQUEIRA, L. C. U.; CARNEIRO, J.  Histologia básica texto e atlas.  10ª Ed. Rio de Janeiro: Guanabara Koogan, 2008.

PEREIRA, Maria de Fátima Lima, Recursos Técnicos em Estética, Volume 1, 1a Edição, São Paulo, Difusão Editora, 2013.

<<< OLÁ, DEIXE O SEU COMENTÁRIO >>>

Comentários

Advertisement

SOBRE O AUTOR

Marcia Moreno Artigos

Márcia Moreno é formada em jornalismo, com pós graduação em marketing. Já atuou em vários veículos de comunicação, como jornal O Estado de S. Paulo, TV Bandeirantes, Canal 21, TV Cultura, UOL, Editora Globo - principalmente como repórter. Na área de estética, fez vários cursos livres - entre eles o de Técnicas de Spa pela Cidesco (Itália) e atualmente cursa a graduação de Estética na Anhembi Morumbi. Atua como jornalista e esteticista freelancer.

mautic is open source marketing automation
RECEBA GRATUITAMENTE FICHAS DE ANAMNESE

RECEBA GRATUITAMENTE FICHAS DE ANAMNESE

Receba gratuitamente em seu E-MAIL modelos de FICHAS DE ANAMNESE, AVALIAÇÃO CORPORAL E FACIAL!



Cadastro Realizado Com Sucesso