Rejuvenescimento bioelétrico oxigenativo

O envelhecimento é um processo progressivo e multifatorial caracterizado pelo desgaste fisiológico do organismo, gerando alterações no seu funcionamento. Sendo uma sequência complexa envolvendo vários fatores, como o genético, mecanismos ambientais e hormonais.  O processo de senescência, diferente das outras partes do corpo quando a pele envelhece é visível externamente. A regeneração celular e seus sistemas de defesa diminuem com o passar do tempo, a pele torna-se mais fina, o estrato córneo mais espesso, diminui o número de papilas da junção dermoepidérmica e a síntese de colágeno, a perda transepidermal de água aumenta e inicia-se o aparecimento de rugas.

Esse é um processo endógeno, natural e progressivo, mas pode ser alterado por fatores externos (radiação UV, poluição, estresse, etc.) que favorecem a formação de radicais livres. Essas moléculas extremamente reativas desestabilizam as membranas celulares, fragmentam e agregam proteínas e promovem alteração no DNA.

Pode-se diferenciar entre dois tipos de envelhecimento: o intrínseco ou cronológico, que é dependente do tempo. E o extrínseco, envelhecimento devido aos fatores ambientais. Ambos os processos acontecem simultaneamente, sobrepostos um ao outro, sendo que o envelhecimento extrínseco acelera e agrava as alterações que ocorrem no processo de envelhecimento intrínseco.

  • Envelhecimento intrínseco

O processo de envelhecimento intrínseco é um processo que ocorre paralelamente ao envelhecimento de todos os órgãos. Depende do tempo, e resulta de danos endógenos provocados pela acumulação temporal de radicais livres, mas também e principalmente das características genéticas individuais Ocorre uma degeneração da função tecidular, havendo várias alterações significativas ao nível estrutural da pele.

  • Envelhecimento extrínseco

O envelhecimento extrínseco é um tipo de envelhecimento cutâneo em que os fatores influentes não são a idade, mas sim fatores externos ao organismo. Inicialmente, denominou-se de fotoenvelhecimento pois acredita-se, ainda hoje, que o principal agente causal é a radiação, nomeadamente, a radiação ultravioleta (UV) e infravermelha

(IV). No entanto, existem inúmeros fatores hoje conhecidos e comprovados como influentes e geradores de alterações significativas ao nível cutâneo conduzindo a manifestações clínicas de envelhecimento. Fatores como o tabaco, a poluição ambiental, o estilo de vida (exercício físico, alimentação, consumo de álcool), o estresse fisiológico e físico.

Fatores Exógenos influentes para o envelhecimento extrínseco

  • Tabaco

O tabaco possui uma composição complexa, conhecendo-se cerca de 3800 compostos, uma parte da sua totalidade. Acredita-se que o tabaco exerça alterações ao nível cutâneo por dois mecanismos principais: atuando diretamente ao nível epidérmico afetando a integridade da epiderme e indiretamente, através do contato com a pele pela corrente sanguínea. Ao nível epidérmico defende-se que o tabaco atua nos corneócitos conduzindo à perda de FNH, havendo um agravamento do processo de TEWL levando ao desenvolvimento de rugas.

  • Açúcar 

O açúcar em excesso abre portas para doenças graves e agiliza o envelhecimento da pele. Essa ação negativa que a glicose promove no organismo é chamada de glicação. Uma reação na qual carboidratos, como a glicose, ou lipídeos ligam-se permanentemente a proteínas, sem a atuação de uma enzima, quando o corpo não produz insulina suficiente para processar o excesso de açúcar. Desse modo, essas proteínas sofrem modificações e impedem que as células desempenhem seus papéis.

Essa mutação leva à formação de AGEs (Advanced Glycation End Products) ou produtos finais da glicação avançada, substâncias responsáveis pela aceleração do envelhecimento.

  • Poluição atmosférica e Ozono

O ozono (O3) é um composto oxidante que se localiza em grandes quantidades na estratosfera formando uma camada denominada de camada do ozono, tendo esta uma função importante, na retenção de raios solares prejudiciais. Esta é uma camada que tem vindo a ser danificada pela poluição decorrente da indústria e do meio urbano (veículos motorizados). Basicamente, a molécula de ozono reage com os óxidos de nitrogénio (NOx) e outros compostos voláteis libertados pela combustão de veículos e fábricas na presença de radiação solar, conduzindo à formação do smog. A pele, sendo um órgão em constante contato com o meio externo, é igualmente afetada. Estudos realizados defendem que devido à ação fortemente oxidante do ozono, este leva a uma diminuição drástica dos compostos anti-oxidantes da nossa pele, nomeadamente, a vitamina E e C, induzindo também a peroxidação de lípidos. Estudos evidenciam que a poluição atmosférica conduz também ao aumento de metaloproteinases, especificamente, a MMP-9.

  • Envelhecimento digital 

Atualmente, ao limitar os efeitos visíveis da poluição da luz azul (comprimento de onda visível) sobre a nossa pele, não abordamos o estilo de vida das pessoas em um mundo hiperconectado, onde estamos integralmente submetidos a essas radiações, originadas por celulares, câmaras, televisores, computadores e outros equipamentos. Estudos demostram que a luz visível (LV) pode gerar um estresse oxidativo, levando ao envelhecimento prematuro, chamado envelhecimento digital.

  • Envelhecimento térmico

Associada à radiação visível, a radiação infravermelha (IR) é um dos principais fatores envolvidos na geração de calor dos raios solares, que aumentam a temperatura da pele durante sua exposição ao sol. Esse aumento da temperatura da pele é considerado como um grande estímulo extracelular, que pode alterar suas enzimas e levar à deficiência de colágeno e à formação de rugas. A este envelhecimento estimulado pela absorção cutânea de radiação IR damos o nome de envelhecimento térmico.

Assim, atualmente devemos englobar o envelhecimento cutâneo com um dano fotestimulado por radiações diversas, que juntas, promovem sobre a pele:
● Fotoenvelhecimento;
● Envelhecimento térmico;
● Envelhecimento digital.

Protocolo de Rejuvenescimento Bioelétrico Oxigenativo
A humanidade sempre procurou uma fórmula para retardar o envelhecimento, o “elixir da juventude”. E por muitos anos, a ciência buscou respostas para algumas perguntas sobre este fenômeno. Os benefícios deste conhecimento ofereceram muitos avanços para áreas de diferentes atuações, e é claro a cosmiatria não ficou de fora, trazendo várias novidades para o nosso cotidiano, através de produtos cosméticos e ativos que possam interferir neste processo, e prevenir o envelhecimento precoce da nossa pele. Que ofereçam melhores resultados em menos tempo. Além de apresentar atributos diversificados, direcionados a vários perfis de consumidores.

Conheça novos ativos nanobiotecnológicos de combate ao envelhecimento

  • Minerais biotecnológicos que promovem a bioeletricidade celular;
  • Bioplacenta com alta concentração de elementos biológicos essenciais, estimulando o consumo de oxigênio nas células epiteliais;
  • Caviar que proporciona hidratação, firmeza e elasticidade na pele;
  • Vitaminas A, B2, B6 e B12 que previnem, retardam e interrompem alterações degenerativas associadas ao envelhecimento;
  • Volufiline que resgata a volumentria da pele;
  • Idealift que combate o efeito “bochecha de buldogue” e aumenta a resistência à flacidez – ação antigravidade.

Sempre inovadora a Adélia Mendonça apresenta um protocolo exclusivo, com uma nova tecnologia baseada na criação e entrega dos limites biológicos de eletricidade sobre a pele, estimulando naturalmente o processo de rejuvenescimento cutâneo, através de minerais biotecnológicos que promovem a bioletricidade cutânea e mimetizam os sinais elétricos da pele, facilitando a comunicação celular e sua recarga diária, em um sistema de polos energéticos como as pilhas e baterias. Proporciona uma fortificação dérmica, desenvolvida para tornar a pele sensível profundamente limpa, radiante e macia, de forma delicada. Com alto poder rejuvenescedor, reduz o surgimento de rugas e linhas finas. Os dermocosméticos deste tratamento contam com um pool de ativos altamente sofisticados e multifuncionais que possuem compatibilidade entre si e podem atuar juntos contra todos os sinais de envelhecimento, que garantirão um resultado ainda mais rápido e eficaz, assegurando uma melhora significativa na viscosidade da pele e na redução das rugas e linhas de expressão. Sua composição inédita aumenta a longevidade celular, sua diferenciação e seus mecanismos protetivos retardam a senescência, com resgate da volumetria dérmica e harmonização dos contornos gerais da face. Aumenta os mecanismos de defesa dérmicos e tornando a pele mais resistente as agressões ambientais e fotodanos estabelecidos.

Tratamento clínico:
Clean Up Solution Micellaire
Sublime 24k Prebio Gommage
Reeequilibrar o pH com Hidraction Tonic C
New Age Bioeletric System
Plenitude Mask

Tratamento clínico domiciliar (Home Care):
Clean Up Solution Micellaire
Hidraction Tonic C
Radiance Luminous Eyes (área de olhos)
Daily Protection FPS de sua escolha: FPS 30 cover ou 30/50/60 incolor
New Age Bioeletric System
Para conhecer o protocolo de Rejuvenescimento Bioelétrico Oxigenativo

 

 

 

 

 

 

 

 

  • Assista o Protocolo

 

  • Depoimentos

 

Acesse: www.adeliamendonca.com.br
SAC: [email protected]
Telefone: (37) 3551-2000
WhatsApp: (37) 9 9165-9882