A pele é o maior órgão do corpo humano composta de duas camadas, a epiderme e a derme. Ela tem função de barreira de proteção que impede que micro-organismos e agentes externos consigam lesar nossos órgãos. Também ajuda evitar a perda de água para o meio externo, na regulação da temperatura corporal, para metabolizar a vitamina D e tem a função sensorial (tato).

epiderme é a camada mais externa da pele, não é vascularizada e em sua superfície encontramos o extrato córneo rico em células mortas queratinizadas que tem a principal função de proteção.

PERMEAÇÃO CUTÂNEA

Os ativos podem ser permeados:

Via Transepidérmica: Permeação entre as células (Intercelular).

Via Transcelular: Permeação entre células. Substância de Baixo peso molecular via filamentos de queratina.

Via Transfolicular: Via folículo piloso. Permeação somente no local de aplicação do produto.

QUAL A DIFERENÇA ENTRE PENETRAÇÃO, PERMEAÇÃO E ABSORÇÃO?

Penetração: substâncias atingem a camada córnea/Epiderme (Geralmente os cosméticos);
Permeação: substâncias que atingem a derme, porém não atinge vasos sanguíneos. (Geralmente cosméticos onde o objetivo seja chegar mais profundamente)
Absorção: substâncias que atingem a corrente sanguínea. (Geralmente medicamentos)

Na literatura existem alguns autores que utilizam os termos de penetração ou absorção cutânea para os cosméticos, e permeação ou absorção transcutânea para os medicamentos.

permeação de produtos depende inicialmente da camada córnea, pois esta é a primeira camada da epiderme e é composta por muitos queratinócitos, estes são a primeira barreira que os cosméticos tópicos encontram para a permeação. Assim sendo o profissional de estética deve se atentar em diminuir a espessura desta camada de uma forma adequada, para facilitar a permeação dos ativos cosméticos.

Existem diversas técnicas que podem ajudar a diminuir a espessura da camada córnea, dentre elas: peelings químicos, enzimáticos, mecânicos como peeling de diamante, peeling de cristal, esfoliantes, etc.

FATORES QUE INFLUENCIAM NA PERMEAÇÃO DE ATIVOS COSMÉTICOS

Fluxo sanguíneo

Uma pele vascularizada tem mais facilidade de permear ativos do que uma pele sem vascularização. O grau de Hidratação da pele, a associação dos cosméticos com outras substâncias presentes na pele, o pH da pele que varia entre 5,5 a 6,0, o peso molecular dos ativos usados nos cosméticos, a concentração do ativo, etc.

Você sabe para que serve o pH?

O pH (Potencial de Hidrogênio) é um número que indica a medida da acidez ou da basicidade de uma solução. O pH de uma substância é neutro quando o pH=7. Uma solução é ácida quando tem H+ em excesso. Uma solução é básica quando tem OH- em excesso. Valores menores a 7 correspondem ao pH ácido e os valores superiores a 7 correspondem ao pH alcalino/básico. Nos cosméticos a medida do pH dos produtos é indispensável pois eles não devem modificar o pH da pele, que está entre 5,5 e 6,0. Além disso o pH de um produto não deve alterar mesmo após muitos meses que ele esteja armazenado. Ele é o indicativo de uma boa formulação.

Referências

HARRIS, M. I. N. C. Pele: estrutura, propriedades e envelhecimento. São Paulo: Senac, 2009.
PEREIRA, M. F. L. Cosmetologia. 1. Ed. São Caetano do Sul: Difusão, 2014.

Share This